04/03/2010 -

O II Fórum Nacional de Políticas de Saude: Sustentabilidade do Setor no Brasil realizado na quinta 04 de março de 2010 foi organizado pelo Instituto Brasileiro de Ações Responsáveis, visando analisar a crise da Saúde no Brasil. Reuniu no Auditório do Interlegis no Senado Federal deputados e representantes de entidades ligadas ao setor de saúde, além de gestores públicos e da iniciativa privada.

Adeilde Marques (FENATE) reforçou a proposta deixada na Câmara Federal em 2007, no advento do Seminário Nacional de Terapias, da necessidade de reorganização das categorias da Saúde.

Ao lado do Dr Márcio Bomtempo, e Deputado Darcísio Perondi

A Federação Nacional dos Terapeutas, através de sua presidenta Adeilde Marques, levou mais uma vez a reflexão sobre a necessidade de organização das competências no que concerne às categorias da Saúde que buscam atender com terapias. Adeilde adiantou sobre a realização do I Congresso Mundial de Saúde em Terapias e I Congresso Nacional de Saúde em Terapias, que ocorrerá em setembro de 2010, onde um dos pontos mais importantes do evento, além da participação dos mais diversos países convidados para trazerem a panorâmica das terapias no mundo, é a participação de todos os Conselhos de Saúde do Brasil para refletirem sobre seus papéis. Segundo ela, "o que está acontecendo com as medicinas que estão buscando outras competências ao invés de investirem na qualidade de suas próprias competências?"

A Deputada Solange Amaral RJ, Presidenta da Procuradoria Especial da Mulher, falou sobre a importância histórica do Dia Internacional das Mulheres.

O deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), presidente da Frente Parlamentar da Saúde, além de cobrar a participação das Centrais Sindicais CUT e Força SIndical, "apresentou um quadro ruim para o setor em 2010, cujo déficit orçamentário ultrapassa os R$ 6 bilhões. Segundo Perondi, ao contrário dos países desenvolvidos, que priorizam a saúde, no Brasil apenas 38% dos recursos investidos no setor vêm do Governo. 62% saem do bolso do cidadão. “Não quero passar pessimismo. Sou um cavaleiro da esperança. Acredito no Sistema Único de Saúde (SUS)”, declarou Darcísio Perondi, ao encerrar sua palestra."

O Presidente da associação Nacional do Ministério Público de defesa da Saúde, Jairo Bisol, declarou que "a crise da saúde só vai ser resolvida com atitude política e não com atitude técnica, pois o Sistema Único de Saúde funciona."

Participaram também Francisco Batista Júnior do Conselho Nacional de Saúde, Nelson Mussolini, Presidente do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos do Estado de São Paulo, e Sandro Leal Alves, Presidente da Federação Nacional de Saúde Suplementar.

Além das palestras, a palavra foi franqueada aos participantes que expressaram seus questionamentos e sugestões.

FENATE - Endereço Provisório em Brasília - SCS Qd. 02 - Ed. Anhanguera - 7.º andar - Sala 701 - CEP 71315-900 - Brasília-DF - Contatos com a Presidenta: (79) 9972-0152

 

FENATE - Endereço Provisório em Brasília - SCS Qd. 02 - Ed. Anhanguera - 7.º andar - Sala 701 - CEP 71315-900 - Brasília-DF